A importância de uma comunicação integrada, aliada a uma boa estratégia de conteúdo

A importância de uma comunicação integrada, aliada a uma boa estratégia de conteúdo

Vinicius Donderi
Sócio e Diretor de Criação

Formado em Publicidade e Propaganda. Na BTHK, é responsável por dar vida a estratégias e planejamento, transformando vidas e gerando resultados.

A partir dos anos 2000, as redes sociais começaram a ganhar força. Só no Brasil, mais de 80 milhões de usuários usavam o Orkut e com isso, o website foi referência de informação. Depois disso, vieram Twitter, Facebook, YouTube, Snapchat, LinkedIn, Instagram, e muitas outras redes, do mais amplo aos segmentados.
E foi por volta do final da década passada, que as empresas começaram a entender realmente a necessidade de estar presente, não só apenas em mídias convencionais, mas agora também nos meios digitais. O fenômeno da internet foi muito rápido, era difícil saber ao certo qual o plano de ação e como se comportar nesse novo meio. Além disso, o relacionamento que as redes sociais promoviam entre marca-consumidor era muito novo e assustadoramente livre para que todos pudessem ver.

O aprendizado ainda é, e sempre vai ser contínuo. Com o advento de mais e mais tecnologias todos os dias, como inteligência artificial, big data, e muitas outras ferramentas e soluções, é impossível ficar parado.
Mas o ano é 2019. O que aprendemos com esses 10 anos? Depois de erros e acertos, o que devemos fazer para cativar o público e ser uma referência na web?
O que percebemos é a importância de uma comunicação integrada. Hoje é impossível pensar apenas em um meio. Ninguém está em um lugar só, estamos em todos os lugares o tempo todo. Mas ao mesmo tempo em nenhum lugar. Aliar uma boa estratégia nos meios convencionais (TV, rádio, revista), com uma boa interação nas mídias digitais é imprescindivel. Ainda mais se for possível convergir com desenvolvimento de mídia OOH (Mídia Out of Home, por exemplo: outdoors, mídias em pontos de ônibus, etc) seria perfeito para aumentar a lembrança da marca como um todo.

E como fazer com que todas as mídias conversem e transmitam uma única mensagem para a audiência, mesmo com várias mensagens fragmentadas?

Uma ótima estratégia de conteúdo.

Por estarmos rodeados de novas tecnologias, as marcas buscam estar presentes em todos os lugares. E com essa corrida, o planejamento e a criação de conteúdo foram sendo deixados de lado, pelas dúvidas em relação à linguagem dos meios. Estar presente é importante, mas hoje não é suficiente. O público já está saturado e já conhece as formas de publicidade. É daí que surgem as mais diferentes estratégias. Influenciadores, e-books, podcasts, vídeos tutoriais, blogs. Informar, atrair, converter e fidelizar clientes.

Para 2019, a meta é produzir muito conteúdo, pesquisar e partir pra ação. O que aprendemos nesses 10 anos é que tudo vem mudando muito rápido, e quem destaca é quem tiver mais brand awareness (reconhecimento de marca).
Foram 10 anos de muito aprendizado, erros e acertos. Uma década lidando com a velocidade das tecnologias e, não somente as redes sociais transformam uma marca em lovemark, mas sim uma comunicação integrada com meios tradicionais, que proporcionam diversas interações e diversas linguagens. Sendo assim, é possível construir uma mensagem única e completa, fidelizando uma relação de confiança com a audiência.
Já preparou suas estratégias para 2019? Se tiver dúvidas, conte com a gente.

Comments (0)
Join the discussion
Read them all
 

Comment

Hide Comments
Back

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Share